Cannes Review Lisboa

Olá, tive a oportunidade hoje de ir no cannes review patrocinado pela MOP.

Fui com a minha energia de sempre a aprender e ver o que está acontecendo de novo e o que andam a pensar dos novos caminhos.

Se você não quiser ler até o final, aqui é o resumo: foi uma merda!

Vamos lá: o que eu pensava que era o evento?

-pensava que o foco era em cannes e portugal, como podemos pensar em conjunto para termos mais força em cannes e no mundo, poder mostrar nossas industrias criativas o que vale e lutar todos para termos mais participações, mais votos, mais premios, lutando para crescermos em termos de notoriedade nestes casos.

O que foi o evento?

EU não tenho nada a reclamar sobre a organização, que estava tudo óptimo, a localização era simpática, a comida e coffe break eram bons, o pessoal da Mop neste caso, passou no teste do evento, as promotoras simpáticas tb…tudo bem.

Mas o que falhou? o que decepcionou? o que foi uma merda?

Foram a parte dos convidados a falar e o modelo “debate” que não se abria para debate…era eles a falar e a malta a ouvir e ter que engulir aquele monte de merda.

Cheguei na hora do painel dos media! a sala cheia de gente de fato e gel pra traz um a olhar para os outros com ar de bora fazer connections e te enganar vendendo media tradicional, todos a ver os seus directores gerais a falar. Começaram a falar, parecia o ignite, cada um com 5 minutos para se prostituir e dizer que a sua agencia de meios é a melhor (porquê um video em ingles da multinacional fala que integrar meios é o futuro). Não foi para falar de cannes e nem nada, foi para vender a agencia ou com case ou com a tal apresentação/vídeo em ingles.

Acabou os media, parecia que estava a ver uma apresentação como se fosse em 2000, nem parece que passou 10 anos, a unca coisa que parecia ser mais recente era o logo do facebook e twitter que nem sabiam o que fazer com isso.

Depois disso metade do pessoal foi embora, ficou a sala vazia para começar o PR, só os mauzões dos grandes grupos e ninguem a se interessar em dar uma olhada.

esta parte não foi tão mal como os media, pelo menos a malta do PR (que eu me encaixo nisso) tem a humildade e entende que agora tudo esta se misturando..nao adianta o cara de meio apresentar, se achar o melhor e ir embora. Enquanto a malta do PR fala, tem ao meu lado o Sr. Saraiva que anotou tudo e twitou então voces podem ver mais detalhes de como foi lá.

chegou a area qeu eu posso comentar e apitar…acabou a parte de PR, não teve perguntas para não dar briga e tb se fossemos perguntar sobre o qeu foi falado só íamos falar do orçamento novo do governo que todo mundo usou isso para inicio do debate.

No meio disso tudo estava eu e o Sr. Lisbon Ad school a falar sobre planos diabólicos de como ser mais criativos…eu gosto. e tive boas conversas com o Mandacaru…

Começou ativação! o painel mais esperado por mim, a espera de luzes.

Não sou muito fa da Ativism, mas gosto pessoalmente do Jorge Trindade, damos umas risadas por ai e já fui Juri com ele já não lembro onde. Gostei do qeue ele falou, mas duvido que 95% tenha entendido…o bom é que ele deu a vertente de criativo dos briefings e das marcas…ele ressaltou 4 pontos onde os 3 mais fortes para mim são os dos festivais: que as marcas querem a dar t-shirts e parece a feira popular os festivais como rock in rio e alive, pensando nisso a torke fez esta acção aqui!. e o ponto dos brindes para fazer promoções fuleiras, e o do cansaço do flashmob copiado de outro pais só porque teve 1.000.000 de views no youtube. veja o nosso a gozar com isso: AQUI!

achei que foi um tapa na cara de algumas marcas…gostei.

entrou o outro jorge da wunderman, eu não achei nada de mais, mas pelo menos ele respondeu a o qeu eu pensava sobre este evento, ele falou sobre cannes e sobre as multi categorias qeu os premios tem qeu ser inscritos e que acabam ganhando a mesma acção em várias. gostei que ele ressaltou a importancia dos meios não tradicionais.

Para finalizar…fudeu…entrou o responsavel da euro da parte de ativação, foi uma das apresentações mais fracas que ja vi. não vende a parte de ativação e o case mostrado era uma porcaria…o case da coca cola zero. que tudo o qeu o jorge trindade falou mal ele apresentou como bom! heheheh ficou até estranho pra quem percebeu.

resumindo de novo…isso só me da mais força de vontade e energia para lutar e tentar fazer diferente…mas se perceber que to no barco sozinho….tenho que começar a vender biblia e levar esta religião pra frente. já que o governo não ajuda, vamos tentar mudar a gente.

    • Carolina
    • 1 de Outubro, 2010

    Adorei este review! Ontem estava com imensa pena por não ter podido ir mas afinal era o que eu suspeitava… são sempre os mesmos formatos, as mesmas apresentações e bajulices… é pena porque tudo podia ser mt + interessante!

    • thais fabris
    • 3 de Outubro, 2010

    quando o Dani falou que ia eu avisei ele que ia ser a maior punhetação, com o perdão da palavra. mas ainda assim, esperava mais o que vc falou mesmo: discussão sobre cannes. que pena que foi ruim.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: